O Windows 10, que será lançado oficialmente no dia 29 de julho, não para de ganhar novos recursos e a mais recente funcionalidade a ser integrada fica por conta da Game DVR. Inicialmente, sua função seria apenas a de gravar a tela durante a execução de jogos. Porém, a Microsoft expandiu os recursos da ferramenta que agora é capaz de gravar a tela também durante o uso de aplicativos.

Com a mudança, em vez de gravar apenas gameplays, o usuário poderá registrar tudo que se passa na tela de qualquer outro aplicativo que esteja em uso. A nova funcionalidade já foi testada internamente e é compatível com qualquer aplicação. A má notícia, porém, é que a ferramenta Game DVR gravará apenas a tela do aplicativo em execução, e não do desktop completo. Para isso, a instalação de um software de terceiros ainda se faz necessária.
Gratuito e nativo
Para usar a Game DVR, o usuário deve pressionar as teclas “WinKey + G” e escolher entre gravar a tela ou tirar um screenshot. Mesmo com algumas limitações, o software deve agradar aos usuários básicos. Além do mais, ao contrário de outras aplicações, ele é gratuito e não necessita de instalação.

Além da desvantagem de gravar a tela apenas quando há algum aplicativo aberto em primeiro plano, há também um requerimento mínimo de hardware para usar o Game DVR. É preciso ter um chip gráfico Intel HD Graphics 4000, GeFoce 600/800M ou AMD Radeon HD 7000 series.

Todas as gravações ficarão salvas na pasta “Vídeos/Capturas”, mas podem ser acessadas também pelo aplicativo do Xbox.

 

Algumas dúvidas ainda rondam a nova funcionalidade: será que a Microsoft permitirá que se alterne entre aplicativos livremente? Ou o Game DVR vai gravar apenas um programa por vez? Deveremos esperar até o dia 29 de julho para descobrir.

via TechAU