Resumo pra quem é preguiçoso:

Hoje em dia as pessoas leem o título de uma matéria e já agem como se tivesse lido ela toda, assim se achando aptos à fazer até mesmos criticas “profundas” sobre o texto. O mesmo vale para livros, filmes, séries, programas de tv, músicas, bandas…

 

Só esse ano eu li pelo menos 5 matérias que se utilizam de pesquisas e dados coletados por sites e empresas que indicam a mesma coisa, as pessoas acham que saber um pouquinho é saber tudo.

Não entendeu? Uma das matérias tinha o titulo mais informativo que já vi “Geração só a cabecinha”, as pessoas até mesmo quando vão se divertir só assistem o começo dos vídeos, ouvem o inicio das músicas e assim por diante.

Estamos chegando em um ponto onde se lê o titulo do livro e o nome da cada capitulo e pronto, as pessoas já partem pras redes sociais para dar suas opiniões sobre tal livro, e fazem criticas “profundas” atacam até a mãe do autor, que ele possível tem algum tipo de trauma. Com certeza você conhece alguém que fala mal de 50 tons de cinza por exemplo, e se bobear essa pessoa além de nunca ter ligo o livro nem viu ele na frente, só em fotos da internet.

Mas tem um assunto que eu posso falar com uma certa propriedade, sobre notícias e artigos para meus sites. As pessoas se atem aos títulos das matérias, já houve uma época que eu passava mais tempo escolhendo o titulo e a imagem destacada das matérias dos meus sites.

Isso faz com que muitos criem seu conteúdo já para ser postado diretamente nas redes sociais, isso faz com que eles basicamente abram mão de monetizar seu trabalho já que a única rede social que realmente gera renda é o YouTube. E sem dinheiro já vi bons projetos serem fechados.

Mas isso é ainda pior do que parece, a criação de conteúdo para facebook por exemplo de humor, gera muitos problemas com por causa desse público preguiçoso, eles pegam por exemplo uma matéria de “notícia” falsa salvam em seus computadores e postam em seu próprio perfil. E a partir do momento que não está em uma página de humor, onde sabidamente tem notícias falsas, as pessoas compreendem como verdade, e como é mais fácil acreditar do que ir pelo menos no google procurar fontes que confirmem, isso gera muitos problemas.

Eu mesmo já fiz algumas coisas nos meus blogs já coloquei frases desconexas no meio de textos e adivinhem, ninguém notou ou poucos notaram. Um amigo meu que na época mantinha um blog de notícias no interior de Mato Grosso do Sul me disse uma vez que um político chegou a pedir á ele que quando fosse falar dele que o começo e o fim dos textos fossem falando bem, e deixasse as criticas no meio do texto, e que o texto fosse bem extenso, porque assim as pessoas não leriam tudo, e o titulo + começo + fim já o fariam parecer melhor do que os outros. Antes dele me dizer isso ele me mandou 3 links de matérias, cada uma falando de um político diferente, e depois me perguntou de qual político eu tive a melhor impressão, e adivinha quem foi? O tal político das dicas, e depois ele me mandou ler a matéria completa, o cara é tipo um Sarney da cidade dele, os outros quase não se tem o que falar mal.

Ou seja, além de tudo estamos ficando ainda mais manipuláveis, mais isso é pra um próximo texto.

Pois é, sei que o site não tem muitos desses textos mas as vezes preciso dizer, e de qualquer forma tem haver com a nossa geração então de vez em quando vai rolar 😉