Uma mulher de Bihar, norte da Índia, cortou fora os órgãos genitais de um exorcista depois que ele tentou “curá-la” com sexo forçado.

De acordo com o jornal India Today, o homem, que se autodenominava um exorcista, era próximo da família da mulher, que não teve o nome revelado.  O “curandeiro” já havia “tratado” da doença dela no mês passado com relações sexuais e ameaçando ter “consequências terríveis” caso ela contasse algo para alguém.

No entanto, após o homem chamá-la de volta para sua casa, a vítima se armou com uma faca e um celular, para gravar a conversa, e foi ao local. “Quando ele tentou violentá-la, ela arrancou seu pênis”, disse um porta-voz da polícia.