Pai do rapaz foi quem acionou a polícia.

 

 Um homem foi preso por crueldade contra animais e acusações de tortura, depois de supostamente ter assado seu próprio gato. Cody Alexander Mann, de Minnesota, disse que queria apenas provar o gato “cozido com cebola”.
Cody foi preso depois do próprio pai ligar para a polícia. Um policial entrou no apartamento e encontrou o corpo do gato dentro do forno além da pele e vísceras dentro do congelador. O homem já tem um histórico de abuso de drogas e doença mental.

 

homem-e-preso-depois-de-assar-proprio-gato-e-dizer-que-queria-apenas-o-prova-lo-cozido-com-cebolaMu
via Metro

Deixe uma resposta