Gotham | Como introdução do Coringa! Ausência do Batman! E Troca do nome da Hera Venenosa!

0
763
Após o painel no Television Critics Association Press Tour, hoje, IGN TV  fez um apanhado do que foi dito pelo showrunner da série, Bruno Heller, sobre os recentes rumores do Coringa participar da série e da troca do nome da Hera Venenosa. Confira
 “Nós vamos tê-lo na série … Não apenas ele. Metade da diversão com todos esses personagens, vê-los se transformando nesses vilões e quando isso acontece. Certamente, o Coringa é um bom exemplo. No piloto, você verá que há um comediante. Pessoas imediatamente vão pensar: será quê? … E criar  essa dúvida e tensão são nosso trabalho. Porque eu não disse nada sobre esse cara e as pessoas vão ficar especulando!” Teremos histórias de origem, que algum momento vão se revelar no decorrer da série? “Sim, vamos brincar com isso por debaixo do ramo principal da trama. Não ao longo de uma temporada inteira, porque as pessoas iriam se cansar disso. “Será que é o Coringa? Não. De maneira sutil, vamos estar fazendo isso e espero que nós possamos enganá-los no final. “

Lrr7xpi

Agora, os fãs não ficaram felizes (ou simplesmente ficaram confusos) pois a jovem Clare Foley não tem o nome de Hera Venenosa na série, onde de início será chamada Ivy Pepper (tipo, Pimenta Venenosa).“Se você apenas re-contar histórias exatamente como foi dito antes, sendo fiel à mitologia criada, você não está realmente acrescentando nada a ela. Então você tem que encontrar meios para dar mais substância ao personagem. Nós criamos uma situação em que Ivy Pepper tem uma mãe doente e um pai falecido... Ela está indo para um orfanato. E ela é uma boa menina,.. relativamente intacta. E ela vai encontrar pessoas para adotá-la. Então vamos começar contar a história da Hera Venenosa de que as pessoas estão familiarizadas.” Soa como se eles têm grandes planos para o personagem! E esperar para ver.
Sobre Batman, mas não tem o super herói
Se você estava esperando pelo menos uma participaçãozinha do Batman na série Gotham, pode esquecer. Segundo Bruno Heller, showrunner da série, o programa não terá super-heróis como foco, e sim “pessoas tentando superar problemas reais”. Além disso, Heller contou que as partes realmente interessantes são as histórias de origem dos personagens. “Assim que você começa a introduzir capas e uniformes, fica menos interessante a trajetória de como essas pessoas chegaram até ali”, conclui.
Heller disse ainda que terão vilões sensacionais, principalmente no primeiro episódios e que novos vilões serão adicionados ao longo da série. “A história é sobre como você lida com esse tipo de crime quando não existem super-heróis. Quando homens e mulheres comuns lidam com a dificuldade de ficar esperando por um salvador.” 
Gotham estreia na Fox dos EUA em 22 de setembro.