Pesquisadores de segurança da Gibson Security já tinham alertado a empresa da possível falha

Um grupo de pesquisadores de segurança da Gibson Security achou uma falha na API do Snapchat e anunciou a empresa, que não deu ouvidos. No relatório, o grupo foi bastante enfático ao dizer que existia uma falha de um script que seria capaz de associar logins e números de telefones dos usuários, ficando fácil o roubo de dados e a possível revenda por dinheiro. Como se fosse uma profecia, nesta quarta-feira (1), caíram na Internet os logins e números de telefones de, aproximadamente, 4,6 milhões de usuários da plataforma de mensagens instantâneas.

Na época do aviso prévio, o Snapchat emitiu uma nota afirmando que, teoricamente, seria possível realizar o hack, porém, não muito provável. E garantiu ainda que possui uma grande variedade de procedimentos de segurança para evitar que os dados dos usuários e informações de seus telefones vazem. Depois do ataque, o serviço de mensagens instantâneas ainda não emitiu nenhum pronunciamento.