stávamos à espera de um grande anúncio da Marvel sobre um novo personagem “estrondoso”, e o fato foi revelado no canal ABC  (que é da Disney) no programafeminino chamado The View: uma das apresentadoras, no caso atriz e comediante, Whoopi Goldberg anunciou que atual encarnação do Thor da Marvel será considerado indigno de empunhar Mjolnir, o martelo. E Manto de herói será tomada por uma personagem feminina.
 “É um grande dia no Universo Marvel. Thor , o Deus do Trovão, ele estragou tudo, e ele não é mais digno de possuir esse martelo. Pela primeira vez na história, o martelo será de uma mulher. Isso mesmo. Thor é uma mulher! “
Quem é a mulher? Isso ainda não foi revelado ainda, mas você não pode jogar todas as fichas na Ângela, por causa do cor dos cabelos. Serem loiros e da Ângela serem ruivos. Só se ela ir no cabeleireiro antes dar uma tingida nos cabelos. Vamos ver com andar da carruagem da saga Décimo Reino, pois ela seria a mais provável substituta. A Saga Décimo nos apresenta Ângela como uma filha perdida de Odin, e temos Thor e Loki tentando enfrentá-la enquanto um novo reino ameaça Asgard. Marvel já revelou a personagem em duas artes.
BsmISgGCcAArFIw Thor-Design-a0126

Pelo Twitter, o diretor-executivo de editorial da Marvel Digital, Ryan Penagos, esclareceu que ela realmente substituirá o atual deus do trovã, escreveu.

“O novo Thor continua a tradição orgulhosa da Marvel de ter personagens mulheres marcantes como a Mary Marvel, Viúva Negra, Tempestade e outras. E esse novo Thor não é somente uma substituta temporária – ela é agora a única personagem Thor e é digna do papel”, completou Moss.

O escritor dos quadrinhos “Thor”, Jason Aaron também se pronunciou sobre a mudança: “Ela não é uma versão feminina do Thor. Também não é ‘Lady Thor’, nem ‘Thorita’. Ela é Thor. É o Thor do Universo Marvel. Mas é diferente de qualquer outro Thor que já tenhamos visto alguma vez”.

Com essa mudança, a Marvel pretende atingir um público que não é alcançado pela maioria dos quadrinhos de super-heróis dos Estados Unidos: as mulheres. A nova “Thor” será o 8º título da editora a ter como protagonista alguém do gênero feminino.

Baseado no deus nórdico do trovão, o herói foi criado por Stan Lee e seu irmão Larry Lieber, com a colaboração de Joe Sinnot. Sua primeira aparição foi em 1962 e sempre teve representações com características bem masculinas. Sua versão nos cinemas foi interpretada por Chris Hemsworth.

Deixe uma resposta