O apresentador Conan O’Brien, líder do talk show que leva seu nome na TBS, foi intimado a depor em uma corte federal dos Estados Unidos após ser acusado de roubar piadas de um blogueiro para seus monólogos. O fato é raríssimo no mundo da comédia e tem causado constrangimentos no meio.

O acusador, Alex Kaseberg, processou o apresentador e a produção de Conan em julho de 2015, alegando que ao menos cinco monólogos do comediante foram roubados de seu blog em um período de menos de 1 ano.

O time de advogados de defende O’Brien tentou o arquivamento do caso, mas conseguiu anular apenas duas das cinco piadas alegadas por Kaseberg. As outras três irão a julgamento e solicitam a justificativa de Conan. O juiz Janis Sammatino cuida do processo.

Kaseberg já foi roteirista de nomes como Jay Leno, que apresentava o Tonight Show antes de Jimmy Fallon. Ele diz ter postado as piadas em seu blog entre dezembro de 2014 e junho de 2015. Pouco tempo depois, os textos eram lidos por Conan em seu programa.