Tecnologia

Chegada dos pais faz adolescentes abandonarem o Facebook

Um estudo divulgado pelo The Guardian revelou que adolescentes estão cada vez menos interessados no Facebook, e tudo porque o site está infestado de gente mais velha.

Após entrevistar usuários com entre 16 e 18 anos na Europa, o Global Social Media Impact Study descobriu que eles estão migrando para plataformas menos sofisticadas, porém mais exclusivas, como Twitter, Instagram, WhatsApp e Snapchat.

Daniel Miller, um dos antropólogos do time de pesquisas, chegou a afirmar que o Facebook está “morto e enterrado” para os adolescentes. A maioria se sente “embaraçada” ao ser associada à maior rede social do mundo.

“Se uma vez os pais preocupados com suas crianças entraram no Facebook, as crianças agora dizem que sua família insiste em ficar por lá e postar sobre suas vidas”, explicou.

Os adolescentes que migram para fora do site não ligam para as funções que estão deixando para trás, tampouco com opções de segurança ou como seus dados são usados por anunciantes.