Com forte cunho sexual, aplicativo Tubby chega ao mercado na quarta-feira, 4; já é possível, entretanto, sair do app

Depois da grande repercussão a respeito do Lulu, o aplicativo lançado na última semana no Brasil que permite às mulheres avaliar os homens de sua vida com hashtags como #PagaAConta, #CurteRomeroBritto e #PrefereoVideogame, chegou a vez dos homens avaliarem as mulheres. É a intenção do Tubby, criado por três desenvolvedores brasileiros, que deve chegar ao mercado na quarta-feira, 4.

O Tubby tem ênfase no aspecto sexual: em anúncio, o perfil de uma garota era descrito apenas com hashtags sobre sua performance dentro de quatro paredes. O slogan do app é “sua vez de descobrir se ela é boa de cama”. No Facebook, por sua vez, a página oficial do app conta com mais de 10 mil likes.

Assim como no Lulu, já é permitido às mulheres retirar seu perfil do aplicativo, entrando no site oficial da aplicação. O pedido de retirada provocou polêmica na rede por dois motivos: primeiro, ele pede acesso às informações do usuário no Facebook; segundo, porque, ao sair, a usuária recebe uma mensagem dizendo que “arregou”.

Além disso, é possível alterar suas configurações no Facebook para não compartilhar as informações com esses (e outros aplicativos, como o Lulu).

Vá em configurações de conta, e clique em aplicativos. Depois, é seguir para “Aplicações que outras pessoas utilizam”, e deselecionar todas as caixas.

 

com informações do MSN