Heval Yildirim, de apenas 13 anos, brincava com seus amigos no pátio de seu prédio, na Turquia, quando foi morto por um bode que se jogou de uma sacada e caiu em cima dele

O bode estava na varanda de um apartamento para ser sacrificado e, estressado com a situação, acabou se jogando do local e gerou a tragédia
O sacríficio ocorreria por conta da festa muçulmana Eid al-Adha, na qual diversos animais são sacrificados. O bode em questão pertencia ao pai de Heval
Como os apartamentos do prédio em que o garoto vivia eram pequenos, o pai dele resolveu que era uma boa ideia manter o bode preso na varanda até o dia do sacrifício
Tal qual o menino, o animal também morreu na queda. A polícia local investiga a tragédia e o pai de Heval pode ser considerado culpado pela morte do filho