As 15 melhores ideias para curtir a vida de solteira

0
330

O bom de estar sem namorado é poder fazer tudo o que dá vontade. Caia na estrada da solteirice com as 15 ideias a seguir (até aquele cara incrível cruzar o seu caminho!)

Festeira Festeira / Reprodução

1. Cair na balada

É difícil levar uma vida boêmia com um namorado a tiracolo. Então aproveite a solteirice para conhecer todas as baladas que tem vontade. Foi o que fez a farmacêutica Francielle Bella, 24 anos, depois de terminar uma relação de nove anos. “Eu me toquei de que era muito nova para passar a vida com um mesmo cara. E estava ficando com uma invejinha das amigas solteiras”, diz ela, que tem saído de segunda a segunda! “Peguei tanto gosto que às vezes penso que quero continuar assim para sempre.”

2. Repicar tudo

Alguns namorados fazem charminho para que a mulher não corte demais o cabelo. Outros não falam nada, mas mesmo assim a namorada fica insegura de arriscar no corte. Talvez por isso uma pesquisa britânica de 2010, coordenada pelo cabeleireiro das celebridades Andrew Collinge, tenha apontado o fim de um relacionamento como a principal razão que leva uma mulher a mudar o corte de cabelo. Quer repicar, cortar a franja, pintar, fazer mechas? Se jogue!

3. Ousar no look

O princípio anterior vale também para roupas e maquiagens. A solteirice é um bom momento para misturar listras, poás e color blocking sem que ninguém a aborreça. A estudante de nutrição Rebeca Lima, 20, só se sentiu à vontade para descobrir seu estilo depois de terminar com o namorado. “Como ele era caretinha, eu só usava roupas básicas”, diz. Desde o rompimento, vem testando vestidos, saltos, estampas e acessórios. E aprendeu a se maquiar. “Agora que subi no salto, não quero mais descer!”

4. Viajar, viajar, viajar!

Claro que as comprometidas também viajam. Mas geralmente na companhia do namorado e para lugares românticos. É mais fácil fazer um intercâmbio, um mochilão por vários países ou participar de grandes festas populares pelo Brasil estando solteira. “Quando a gente está namorando, quer viajar grudada no namorado”, diz Camila Costa, 23, assistente administrativa, que realizou (sozinha) seu sonho de conhecer Paris e Londres depois do fim de um relacionamento.

Solteira e viajada! Solteira e viajada! / Reprodução

5. Liberar a adrenalina

“Qualquer esporte radical para mim é sinônimo de solteirice. Eles dão uma sensação de liberdade absoluta!”, diz a fotógrafa Juliana Mingotti, 24, adepta do arvorismo. Faz sentido: tem muito cara por aí disposto a bancar o seu pai, querendo protegê-la dos perigos. (E tem ainda aquela outra categoria: os com medo de ter de acompanhar você.) Então vá pular de paraquedas, andar de balão, mergulhar, escalar uma montanha, participar de um rali, fazer rapel…

6. Emagrecer com menos esforço

Programinhas básicos de namoro: jantarzinho, cinema com pipoca, sorvete. Troque tudo isso por uma agitadíssima aula de jump pós-expediente – e você vai descobrir por que aquela sua amiga solteira está em ótima forma. “Seestivesse namorando, teria de malhar mais para compensar”, diz Mirian Oliveira, 25, formada em relações internacionais e adepta de um programa regular de dieta e exercícios.

7. Pegar geral sem compromisso

Flertar é divertido e faz bem para a autoestima. Conheça pessoas, permita que homens diferentes do que você considera ser o seu tipo se aproximem. A produtora de moda Bruna Lima, 22, aproveitou um intercâmbio em Madri para incluir estrangeiros no que chama de seu “dossiê de solteira”. “Fiquei com um espanhol, um italiano e um francês para ver se a pegada era diferente. E era! Acabei descobrindo que prefiro mil vezes os brasileiros”, conta, aos risos.

8. Criar um Tumblr

Faz um ano que a estudante de gastronomia Anna Millan, 19, publica o que está passando por sua cabeça e por seu coração no seu Tumblr – espécie de blog focado em imagens e vídeos que está ficando cada vez mais popular no Brasil. É um jeito de desabafar, se expressar, pensar na vida… “Terminei meu namoro há um mês e percebi que comecei a postar muito mais. Com namorado por perto a gente acaba se autocensurando um pouco…” Já se você prefere escrever, extravase toda a sua inspiração em um blog tradicional.

Compras! Compras! / Reprodução

9. Pôr as contas em dia – e sair às compras!

Uma mulher solteira pode, se quiser, torrar sua grana em um sapato caro e depois passar o mês comendo miojo. Já namorando é preciso ter sempre a graninha para pagar sua parte na conta do restaurante. “Sou solteira e gasto muito, mas sempre sei com que e para quê. Em uma relação, é difícil adivinhar quais programas o namorado vai propor ao longo do mês”, diz a veterinária Tayra Caran, 28. “Acho que a solteirice me dá a oportunidade de planejar melhor o meu orçamento.”

10. Subir na carreira!

Todo mundo fala que se deve buscar o equilíbrio entre carreira e vida pessoal. Mas mergulhar no trabalho por um período da vida pode fazer toda a diferença no futuro. “Faço aulas de balé de segunda a sexta, ensaio de segunda a sábado e participo de um musical aos domingos”, diz a bailarina Mayra Maris, 21, que voltou de um estágio na República Tcheca. “Seria impossível se estivesse namorando.”

11. Aprender algo que faça diferença

Namorar é uma delicia – mas toma um tempo danado. A DJ Patrícia Vellardi, 24, só arranjou espaço na agenda para fazer um curso de produção musical depois de terminar sua relação. “É algo que vai me mostrar novidades na minha área.” Aproveite o tempo extra para fazer uma pós-graduação ou um curso intensivo de língua estrangeira, por exemplo. “A solteirice é muito boa para adquirir conhecimentos e investir em seu próprio amadurecimento”, diz a psicóloga Roselinda Capellatto.

12. Encontrar a sua turma

Não tem jeito: quando se está namorando, as outras pessoas que você ama ficam um pouco de lado mesmo – afinal, só existe um fim de semana por semana! A fase solteira permite que você redescubra o prazer de passar um dia inteiro com aquela amiga com quem sempre tentava marcar algo e nunca conseguia. “Estou adorando fazer programas de menino com meu irmão. Vou ao bar, vejo os jogos do Palmeiras, as corridas da Fórmula 1…”, diz a estudante de história da arte Fernanda Magliocco, 23, solteira há um ano.

Descubra o prazer sozinha Descubra o prazer sozinha / Reprodução

15. Comprar um vibrador!

Não precisa estar solteira para fazer isso, é claro. Mas fica mais simples: tem muito cara que morre de ciúme. Se brinquedos eróticos não lhe parecem atraentes, faça alguma outra coisa de que sempre teve vontade e medo (a ideia é essa!). Ser solteira é poder assumir livremente suas escolhas. “É ótimo expressar meus gostos e opiniões sem medo de ser oprimida ou mal entendida”, diz a estudante de arquitetura Tanara Burin, 24, há dois anos deslumbrada com a solteirice.

14. Ter uma casa só sua

Sair da casa dos pais para viver uma vida mais independente é uma experiência importante para quem quer se encontrar. Mas isso pode acabar sendo atropelado pela vontade de dividir um apê com seu amor. “Quem mora com o namorado sem ter morado sozinha antes corre o risco de ficar muito dependente dele”, diz a psicóloga Regina Silva. Seja a única dona da casa enquanto é tempo!

15. Mudar o mundo

Toda a energia e o amor que você antes dedicava a uma única pessoa pode deixar o mundo um pouco melhor. Uolli Briotto, 22, formada em relações internacionais, por exemplo, passa todos os fins de semana em uma comunidade próxima ao bairro Cachoeirinha, na Zona Norte de São Paulo. Ela é voluntária na ONG Um Teto para Meu País. “Coordeno a construção de 60 casas, faço pesquisas e procuro famílias que estão precisando de um lar”, diz. “Se namorasse, não teria tempo ou energia para me envolver tanto.”

 

 

fonte: Gloss